web analytics

16196028_1820775634839017_7896050977336878444_nOntem li este texto escrito por uma capixaba e compartilhei no facebook, mas acho que tenho que colocar aqui no blog pra todo mundo ler. Ele transmite nosso sentimento neste momento horroroso.

Também atualizo que o que passei e compartilhei na crônica no post passado foi um momento real que passei no início desta semana e que eu traduzi em palavras pra publicar sim. E vou deixar lá pois traduz este momento no ES e o de vários outros de várias pessoas pelo mundo que vivem outras situações às vezes dentro delas mesmas…sendo uma metáfora para outrs situações, apesar dessa ter sido real.

A situação não é nada boa. Mas aos poucos readquirimos a esperança, a confiança para sair às ruas pelo menos pela manhã. Neste momento, são 18:22 e ouço crianças brincando (dentro de seus condomínios), volto a ouvir carros, barulho, gente vivendo! Há comércios abertos e dentro de casa e eu tive coragem de ir à piscina, mas no condomínio da frente, desde o primeiro dia das ameaças e caos pela greve da Polícia Militar (que foi dia 05/02/2017, domingo passado) as pessoas estão na piscina, que fica no térreo e vê-los mostra-me que temos esperança.

É difícil voltar à normalidade, comércios abrirem, mas a força nacional, o exército e a guarda municial estão nas ruas fazendo patrulhamento e nós vamos voltando a viver. Ainda olho ruas desertas, mas já vejo timidamente pessoas andando, carros passando e a normalidade está a um passo. Será!?

Eu parei de ficar no facebook lendo notícias o dia inteiro e assistindo vídeos de todos os tipos. Agora presto atenção em mim e na minha casa, nos afazeres que eu nao estava conseguindo fazer por stress. Este momento único e terrível que o ES passa, eu espero, sinceramente que seja passageiro e único. Que nós voltemos a viver nossas vidas de forma digna e tranquila e que a nossa “segurança” volte a reinar.

Horrível é a imagem do país enquanto se perdura esse estado de sítio… Nos principais jornais do mundo já sai a notícia do estado que se situa acima do Rio de Janeiro. Uma vergonha. Eu espero que as autoridades parem de jogar conosco e de nos fazer escudo para a roubalheira na política e aos auxilios isso e aquilo que inventam para ter mais penduricalhos nos salários… em vez de aumentar a categoria da PM. Cancelem as verbas do carnaval, as verbas extras… e aumentem esse salário de forma digna, pois os policiais merecem.

Todo um trabalho da nossa secretaria de turismo… para mostrar as belezas de nosso estado, tudo indo por agua abaixo.. governantes!

Eis o texto de Simone Marçal:

“Para quem não é do ES, a situação é a seguinte:
Sempre ouvimos falar que nosso estado é lindo por natureza e bem cuidado. Aqui não víamos essa violência toda que se fala por aí. Aqui as pessoas caminham no calçadão da praia ou na beira-mar, acenam para as outras pessoas, incluindo os guardas municipais e policiais. Somos um estado pequeno, sabe.
Em meia hora saímos da praia e estamos nas montanhas. Aquele friozinho bom pra um vinho e um bom papo. Sim, temos aqui.
No interior? Ah, nós somos o interior. Aqui os vizinhos são antigos, as conversas são boas e o comércio é de pessoas de bem.

Aí, num sábado de 2017, acordamos com notícias pipocando, muitos vídeos de violência, assaltos, mortes…
Oi? É mentira, pensamos. Isso não é no ES. Aqui não!
Horas depois áudios pipocavam no celular e muitos, muitos vídeos. “Histeria coletiva”, muitos diziam. Estamos no ES.

Até que começou a acontecer ali, pertinho das pessoas. Tiros, carros roubados, pessoas assaltadas em pontos de ônibus tentando voltar pra casa, comércio fechado, pessoas de bem trancafiadas. O medo tomou conta do nosso cantinho.
Sim, esse canto que poucos no Brasil conhecem, no meio do sudeste. Caramba, é no ES! A ficha caiu! Escolas fecharam as portas, hospitais com medo de invasões, ruas desertas.

Os policiais querendo dignidade para trabalhar, o trabalhador querendo ir trabalhar, a população em choque.
O governador? O secretário de segurança?
Ah, esses preferiram tentar colocar uns contra os outros para no final sairem de heróis. Não conseguiram, ainda bem. Ainda não!
Mas somos do Espírito Santo. O estado da esperança, da capital que se chama Vitória. Vitória é esperança.

Na rua, os poucos que se atrevem a sair dizem: vai dar tudo certo, isso vai acabar logo! É a nossa esperança. Nascemos com ela, fazer o que né? Somos capixabas. Queremos a paz. Queremos respeito.
Ah, e queremos acreditar novamente na humanidade.
Sempre acreditamos, mas temos visto coisas tão desumanas por aqui…
Seguimos… alguns rezam, alguns oram, alguns meditam e no final todos pedem a Deus: “Abençoe nosso Espírito Santo.”

Simone Marçal

IMG_20170202_114033_006

Frade e a Freira

 

No destaque foto minha fazendo rapel uma semana antes do caos instalado, numa cahoeira linda no interior do ES. Cachoeira Alta.

Arquivo do blog para voce ver as maravilhas que nosso Estado oferece.

 

IMG_20170129_112326

Cachoeira Alta em Sao Vicente, próximo a Itaoca e Cachoeiro de Itapemirim – ES

(74)




Escolhendo os serviços para sua viagem, clicando nos banners abaixo,
você não paga nada a mais por isso e dá comissão para a manutenção do blog:
Escolha sua HOSPEDAGEM no BOOKING:
Escolha um SEGURO para sua viagem:
Escolha passeios com a VIATOR:
Viator
Siga o Descortinando Horizontes nas redes sociais 
redes 

sociais do descortinando horizontes

Receba as novidades do Descortinando Horizontes por email 

(não se esqueça de validar a inscrição clicando no link que você vai receber no seu email)

  Instagram Google + Facebook Twitter